Capacidade Criativa e Resolução de Problemas

Postado por em

Um dos meus livros favoritos sobre arte, “Desenhando com o lado direito do cérebro”, de Betty Edwards, afirma que, por meio do desenho, conseguimos despertar a criatividade de algumas áreas do cérebro, desenvolvendo um lado mais racional que nos ajuda a resolver problemas de maneira mais rápida.

Segundo a autora, quando desenhamos, abrimos novos caminhos neurais para que a criatividade flua de maneira intuitiva. Ao desenhar, ativamos uma parte do cérebro que costuma estar ocupada por assuntos do cotidiano e passamos a enxergar as coisas sob uma nova ótica. “Novas modalidades de raciocínio e novas maneiras de utilizar todo o poder do seu cérebro lhe propiciarão acesso a soluções criativas para os seus problemas, sejam eles pessoais ou profissionais”, ela escreve.

Muitos artistas, quando estão desenhando, entram em um estado alterado de consciência, no qual se sentem transportados: perdem a noção do tempo, sentem-se relaxados, porém alertas e conscientes. Esse aspecto relaxante do desenho, sobre o qual o livro também fala, tem tudo a ver com a minha descoberta da arte como uma maneira de me conectar comigo mesma. Com o tempo, eu quis fazer desse hobby uma profissão à qual me dedico diariamente.

Futuramente, falarei mais sobre as ideias desse livro incrível, mas já recomendo quem ainda não leu a procurá-lo. Infelizmente ele está esgotado no mercado, mas é possível encontrá-lo em sebos - minha dica é dar uma olhada no site Estante Virtual: 

https://www.estantevirtual.com.br/livros/betty-edwards/desenhando-com-o-lado-direito-do-cerebro/3181677087?gclid=CjwKCAjw_MnmBRAoEiwAPRRWW-OP_MaznC2vUk31369oWc0ldEB3KEiSkQKMfKi99HJGZMvbJcAFjBoCfa4QAvD_BwE

que tem vários exemplares disponíveis em sebos de todo o país.

E se você já leu o livro, conta pra mim o que achou dele e se teve o mesmo impacto na maneira como encara a arte de desenhar.

← Postagem anterior Postagem seguinte →