As duas habilidades avançadas para aprender a desenhar

Postado por em

No post "Os cinco componentes básicos para aprender a desenhar", eu comento, com a ajuda de Betty Edwards, autora do livro “Desenhando com o lado direito do cérebro”, a importância de desenvolver alguns componentes básicos quando estamos aprendendo a desenhar: percepção das bordas, percepção dos espaços, percepção dos relacionamentos, percepção de luzes e sombras e percepção do todo (gestalt).

Porém, para quem está em um nível mais avançado, a autora cita ainda duas habilidades adicionais. Neste post, vou falar um pouco sobre cada uma delas.

A primeira habilidade adicional é desenhar de memória. Embora muita gente pense que seja algo fácil, especialmente aqueles que nunca estudaram desenho, esta é uma prática que só conseguimos após muito treino e dedicação. Afinal, é mais fácil desenhar quando observamos algo diretamente ou por fotografias.

Para treinar a memória visual, tire uma "foto" visual daquilo que deseja guardar: enxergue com o olho da mente, desenvolvendo a sua aptidão mental para imagens. Lembre-se de que aquilo que você desenha fica gravado na memória, então regate desenhos antigos que tenha criado para estimular essa habilidade.

A segunda habilidade adicional é desenhar a partir da imaginação. Mas, como desenhar aquilo que você nunca viu, como uma criatura fantástica? Um exercício prático e divertido é deixar algumas gotas de aquarela caírem no papel, esperar secar e depois tentar enxergar imagens nessas manchas. Com o auxílio do lápis, contorne as manchas e forme um desenho. 

É uma ótima maneira de treinar a imaginação e despertar a criatividade na hora de desenhar, além de estimular o lado lúdico da mente.

Aprendizado Betty Edwards Desenho

← Postagem anterior Postagem seguinte →


comentários


  • IXvKVNFLhylb

    MtPDnqyUerlLg em
  • rUXxLfaI

    lgTBVPbpJmMf em

Deixe um comentário